3 dicas de como ajudar os refugiados no Brasil

O drama das pessoas que deixam suas casas devido à guerra ou a crises políticas em vários países do mundo é um tema bem atual. Por isso, como ajudar os refugiados que vivem no Brasil é um assunto pertinente e que merece a atenção de toda a sociedade.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 4 milhões de pessoas já deixaram a Venezuela após a crise política e econômica que assola o país vizinho.

Desse total, 168 mil, o que corresponde a 4,2%, cruzaram a fronteira com o Brasil, principalmente em Roraima. Com isso, os venezuelanos precisam de ajuda para conseguir oportunidades e promover a integração social no nosso país.

Leia também: Direitos humanos e integração social para ajudar os refugiados

Entenda a crise venezuelana

Antes de falar sobre como ajudar os refugiados no Brasil, é necessário fazer uma breve explicação do que está acontecendo com os venezuelanos.

A crise econômica e política teve início com a chegada de Nicolás Maduro ao poder, em 2013, e a consequente queda no preço do barril de petróleo. Totalmente dependente da commodity, a economia venezuelana sofreu forte impacto com a redução dos valores no mercado internacional nos últimos anos.

Acusado de ter sido reeleito de forma polêmica em 2018, Maduro enfrenta a oposição de Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, e autodeclarado presidente interino do país.

Com economia dilacerada e situação política instável, os venezuelanos deixaram seus lares em busca de melhores condições de vida nos países vizinhos.

Leia tambémComo os ODS atuam para promover causas sociais

Como ajudar os refugiados na prática

Além dos venezuelanos, outros povos também chegaram ao Brasil em busca de uma nova chance. Entre eles, estão os sírios que vivem em guerra civil desde 2011 e saíram de casa para salvar a sua vida.

Com milhares de pessoas vindo de outros países, há inúmeras ações que podem ser feitas para ajudar nesta integração. Como ajudar os refugiados é uma atitude de altruísmo para com o próximo. Veja 3 dicas práticas para realizar ações em prol dos refugiados!

1) Ensine português

Ao chegar a um país desconhecido, uma das principais barreiras de comunicação é o idioma. Por isso, aprender o português é primordial para quem vem ao Brasil.

Separe algumas horas da semana e se dedique a ensinar a língua. Crie grupos de estudo e incentive a leitura de jornais e revistas.

A troca cultural é recíproca e, além de ensinar o português, é possível aprender o idioma dos refugiados.

2) Ofereça trabalho

Caso você ou a empresa em que trabalha tenha uma oportunidade de emprego, considere contratar um refugiado.

De acordo com pesquisa da ONU, 30% dos refugiados que estão no Brasil têm ensino superior. A alta qualificação dos estrangeiros deve ser considerada como positiva, pois agrega valores à organização.

3) Organize eventos de arrecadação

Muitas vezes, os refugiados chegam apenas com aquilo que conseguiram levar nas mãos. Por isso, é importante que haja campanhas de arrecadação de móveis, roupas, utensílios domésticos e tudo aquilo que é necessário para um lar.

Você pode ajudar com a organização de eventos beneficentes. Assim, é possível arrecadar objetos em bom estado para doá-los às famílias de refugiados recém-chegados.

Voluntariado em prol dos refugiados

Como podemos ver, as ações acima estão todas relacionadas ao voluntariado. Fazer a diferença e ajudar ao próximo são os motivos que levam as pessoas a procurarem instituições focadas em causas humanitárias.

Centro de Direitos Humanos e Cidadania do Imigrante é uma organização que tem como missão promover a participação dos imigrantes e em situação de refúgio no exercício da cidadania universal.

São realizados vários serviços com o objetivo de como ajudar os refugiados, como:

  • Assessoria gratuita sobre regularização migratória;
  • Ações culturais e de conscientização sobre temas relacionados à migração.

A instituição, apoiada pela Altrus, conta com o auxílio dos voluntários para prestar auxílio aos refugiados e ajudar a transformar suas vidas.

Você conhece a AltruS?

AltruS é uma startup de tecnologia social criada para unir instituições que precisam de ajuda com pessoas que querem auxiliar.

Com diversas causas apoiadas, a plataforma permite que a pessoa encontre o projeto com que mais se identifica e, assim, possa ajudar. Para ser voluntário, basta preencher este formulário.

Também é possível cadastrar uma causa para ajudar quem está em busca de auxílio. Os interessados podem se inscrever na AltruS por meio do formulário aqui.


;
;