O que são negócios sociais?

Fazer o bem ao próximo é quase que um código de ética e etiqueta intercultural. Mas, na prática, pode não parecer tão simples exercitar o altruísmo. Os negócios sociais são um ótimo exemplo de empresas que conseguem desenvolver isso da melhor forma, pois elas seguem o sistema considerado tradicional de negócios, mas inovam trazendo o social para o centro de tudo.

No entanto, como elas fazem isso? Afinal, a sociedade vive uma intensa globalização capitalista que exige muito esforço para conquistar dinheiro e muito dinheiro para alcançar grandes objetivos. E é pra mostrar que isso é possível que trouxemos este texto.

Entenda o que são os negócios sociais e como eles funcionam aqui! 

Definição

Por definição, um negócio social é aquele que se foca em resolver, ou tentar resolver, propósitos voltados ao bem da sociedade. Ou seja, seu alvo não pode ser o lucro, como McDonalds ou Gucci, mas sim o desenvolvimento social.

Um ótimo exemplo disso é o caso do Grameen Bank. O banco é do vencedor do prêmio Nobel da Paz de 2006, Muhammad Yunus, de Bangladesh. O economista, após se deparar com uma situação de abuso financeiro contra uma artesã, decidiu abrir esse famoso negócio de microcrédito para ajudar na diminuição da pobreza.

A vantagem desse banco como negócio social é que ele mesmo se sustenta, sem precisar obrigatoriamente de doações. E esse é um dos critérios principais para esse tipo de empreendimento.

Alguns especialistas dizem que também é necessário que eles reinvistam capital, que tenham gestão coletiva ou que não distribuam dividendos. 

Não se enquadram como negócios sociais

Há dois tipos de empresas que podem ser confundidas com negócios sociais, mas não são. Uma delas são as marcas que se esforçam para atuarem de forma mais consciente quanto às pessoas e a natureza, mas que ainda mantém como objetivo o lucro.

Já na outra ponta estão as ONGs. Apesar de serem muito diferentes do exemplo acima, elas também não podem ser consideradas empresas sociais. Isso porque as Organizações Não Governamentais não se sustentam e, raramente, possuem grandes fontes de capital próprio. 

Funcionamento

Para compreender melhor o que são negócios sociais é preciso entender o funcionamento deles. Nem todos precisam ser iguais, desde que sejam em prol da sociedade. Alguns formatos são os mais comumente seguidos:

1. Cooperativa

Um dos modelos mais conhecidos. Nas cooperativas, os membros que produzem também consomem e dividem o resultado dos esforços.

2. Compensação cruzada

Nesse caso, os consumidores podem auxiliar alguém comprando. Isso porque o lucro é usado para subsidiar um produto para quem precisa.

3. Apoio independente

Esse tipo de apoio é quando a empresa utiliza lucros de algum produto ou serviço para dar suporte a ações sociais.

4. Conexão de mercado

Nesses negócios, a empresa social propicia uma interação e troca entre quem precisa e quem pode ajudar. 

Importância dos negócios sociais

Um negócio social pode mudar a realidade de muitas pessoas. E, o melhor, tudo isso sem gastos exorbitantes ou, pelo menos, podendo cobrir seus custos. Toda e qualquer pessoa que se aproxima desse tipo de empresa acaba satisfeito por fazer parte de um propósito maior.

A AltruS é uma plataforma que permite que você conheça e faça parte desses negócios tão benéficos para a sociedade. Após se cadastrar como Altruísta, você pode escolher causas para apoiar, seja com tempo, produtos ou recursos financeiros, sendo elas já cadastradas na plataforma ou indicadas para a Certificação da Startup.

Sendo uma Startup de Tecnologia Social, a AltruS tem como missão conectar pessoas. Por meio da plataforma, une a comunicação e a tecnologia em favor do social para transformar a vida em sociedade, apresentando causas à rede de Altruístas e provendo voz, acesso e ajuda a essas iniciativas.

Agora que você já conhece tudo sobre os negócios sociais, cadastre-se agora em nosso site e faça parte da rede AltruS!


;
;