Serviço voluntário nas férias escolares: como as escolas podem estimular ações sociais

 

As férias escolares chegaram e agora os alunos têm mais tempo livre para se dedicar a outras atividades, como por exemplo ajudar o próximo. O serviço voluntário deve ser estimulado desde a infância e as instituições de ensino têm papel fundamental neste contexto.

Como a escola tem função de preparar o aluno para a vida, incentivar ações sociais é uma maneira de aliar o aprendizado com consciência social.

Assim, o período de férias é o momento ideal para que crianças e jovens trabalhem as competências necessárias para ser mais solidários e fazer bem ao próximo.

Leia também: Serviço voluntário: conheça as principais regras e dicas

O papel da escola no serviço voluntário

A instituição de ensino deve levar em consideração a cultura da solidariedade com o caráter pedagógico. Com isso, a escola consegue valorizar a cidadania, o comprometimento, o respeito às diferenças e a participação em projetos sociais.

O objetivo é estimular que o aluno tenha consciência do seu papel na sociedade e seja um cidadão ativo que preze por ajudar ao próximo com empatia e ética. Logo, essa formação humanista é essencial para ensinar valores às crianças e aos jovens. 

Estas habilidades devem ser trabalhadas desde os primeiros anos, ainda na escola. Por esta razão, o serviço voluntário é tão importante e deve ser incentivado pelas instituições de ensino. 

Como realizar serviço voluntário nas férias?

Para começar o serviço voluntário, o período de férias é uma ótima oportunidade. Existem inúmeros projetos que precisam de ajuda o ano inteiro, não só nas férias. Mas, a partir deste pontapé inicial, é possível engajar os jovens para realizar outras ações para ajudar as pessoas.

Mas quais podem ser as atividades para os estudantes iniciarem sua trajetória no voluntariado? Conheça algumas causas que os alunos podem contribuir:

  • Pessoas em situação de rua: reúna um grupo de amigos da escola. Então, recolha doações de roupas, agasalhos e alimentos com os parentes e vizinhos mais próximos. Sempre há uma instituição que necessita de auxílio.
  • Meio ambiente: pode parecer pouco, mas retirar o lixo de praças e calçadas já é uma boa iniciativa para limpar os locais públicos. Além disso, é possível vender o material para a reciclagem e doar o valor arrecadado para alguma organização. O meio ambiente agradece.
  • Animais abandonados: os cachorros, gatos e coelhos também precisam de auxílio. Resgatá-los e encontrar um lar aconchegante para eles é boa alternativa de voluntariado. Veja mais dicas para ajudar animais abandonados.

Também é possível doar o tempo para acompanhar idosos em casas de repouso ou crianças em orfanatos. O simples gesto de escutar já é um ato de altruísmo e faz bem para ambos os lados: quem é ouvido e quem escuta. 

Veja como a AltruS pode te ajudar

Startup de tecnologia social, a Altrus surgiu com a ideia de reunir pessoas que querem ajudar com instituições que precisam de auxílio.

A plataforma online aproxima voluntários e ajuda a construir pontes entre as causas. Quer aproveitar as férias para fazer serviço voluntário? Busca uma forma de fazer a diferença nesse período e ainda não sabe como? A AltruS pode ser o primeiro passo.

Confira a lista de causas apoiadas, preencha o formulário e descubra de que maneira você pode colocar em prática as aulas de serviço voluntário da sua escola.

Além disso, também é possível cadastrar projetos que precisam de apoio aqui. Preencha o formulário e veja como é fácil participar.


;
;