Saiba como ser um voluntário

Dedicar-se a uma atividade que beneficie diretamente a vida de outras pessoas, sem que você receba alguma compensação monetária, traz, antes de qualquer coisa, uma ótima sensação de ter feito alguma diferença no mundo. E isso não tem preço, não é mesmo? No entanto, muitas vezes, as pessoas não sabem bem como e onde podem ajudar. É por isso que hoje vamos lhe ajudar a descobrir como ser um voluntário e, assim, poder fazer algo por quem precisa.

Mesmo com todas as dúvidas e inseguranças que giram em torno do voluntariado, ajudar uma causa é mais simples do que você imagina. Com auxílio da tecnologia  social, ficou muito mais fácil fazer o encontro entre voluntários e programas de voluntariado.

Por isso, saiba como ser um voluntário e as vantagens de ajudar causas!

Encontre a sua causa

O primeiro passo para se engajar no trabalho voluntário é procurar uma causa com a qual você acredite que poderá contribuir mais. Existem incontáveis instituições que, com certeza, precisam da sua dedicação e ajuda.

Alguns dos exemplos são: colaborar lendo para crianças de uma creche, fazer oficinas com jovens de escolas públicas, auxiliar idosos em asilos, ajudar a cuidar de cães abandonados em um canil, ajudar uma comunidade a cobrar os órgãos competentes, dar apoio para mulheres vítimas de violência doméstica ou servir comida para moradores de rua.

Há diversas outras atividades que demandarão um pouco do seu tempo, mas que farão toda a diferença, por mais simples que sejam.  

As vantagens do voluntariado

Além da sensação altruísta de estar fazendo a diferença, o voluntário também poderá se beneficiar com experiência e, na maioria das vezes, aprender algo novo. Como existem inúmeras possibilidades para colaborar como voluntário, é muito comum adquirir novas habilidades, uma vez que neles você desempenha atividades que talvez nunca tenha precisado fazer em sua vida, como ajudar a administrar uma instituição, construir uma casa ou criar um jornal informativo.

Porém, mesmo que você trabalhe com tarefas que já esteja acostumado, é muito provável que você lide com novas situações, diferentes públicos e necessidades. Por isso, o trabalho voluntário é enriquecedor – tanto para quem o desempenha, quanto para quem é impactado por ele. Além disso, muitas empresas valorizam pessoas que foram voluntárias, porque mostra disposição em serem úteis.

Como ser voluntário

Qualquer pessoa pode ser voluntária, independente do grau de escolaridade ou idade, o importante é ter boa vontade e responsabilidade. Mas vale lembrar que fato de você estar ajudando os outros não significa que você não possa ser criticado. O trabalho voluntário exige o mesmo grau de profissionalismo que em uma empresa, se não maior.

Hoje em dia, como falamos acima, com a ajuda da internet, ficou muito mais fácil ligar o voluntário aos lugares e pessoas que precisam de sua ajuda.  Existem, atualmente, ferramentas online específicas para essa finalidade, guiando o interessado até uma causa que melhor se encaixe no seu perfil. Só não ajuda quem não quer!

AltruS é uma Startup de Tecnologia Social que tem como missão conectar quem precisa de ajuda e quem quer ajudar. Sua Plataforma AltruS permite unir a comunicação e a tecnologia em prol do social. O objetivo é transformar a vida das pessoas.

Ficou interessado em ajudar? Visite o site da AltruS e encontre a causa que melhor se encaixa no seu perfil!


;
;